Diferenças e Tipos de Cotações do Dólar

By | 14 de outubro de 2014

Certamente, você já deve ter notado que existem diferentes tipos de cotações do dólar. Porém, a dúvida que ainda passa pela cabeça dos indivíduos sobre o assunto é: qual é o real significado de cada um desses tipos de cotação dólar, e como posso utilizar a cotação correta do dólar considerando as minhas próprias necessidades?

Por conta dessa dúvida frequente que neste artigo será explicada a diferença entre as três classificações para a cotação do dólar: o dólar comercial, sendo este o mais popular, o dólar turismo e o dólar paralelo.

Cotação Dólar Comercial

De uma forma geral, o dólar comercial é o que mais circula em todo o mundo. E os motivos são entendíveis: essa é a forma pela qual a moeda é cotada para praticamente todas as ações do comércio exterior.

Sendo assim, empresas de grande porte utilizam-se do dólar comercial para realizarem seus processos de importação e exportação. Além disso, essa cotação também é utilizada para mover as principais movimentações financeiras governamentais no exterior. Empréstimos que são realizados por brasileiros fora do Brasil também se utilizam desse tipo de cotação.

Sua cotação é definida pelo mercado, apesar de considerar o fato de que o Banco Central tem o costume de provocar a valorização ou desvalorização do mesmo, considerando suas necessidades do momento.

Cotação Dólar Turismo

Já o dólar turismo, como o próprio nome já indica, é o comprado anteriormente à realização de viagens ao exterior, independentemente se essa viagem for para os Estados Unidos ou quaisquer outros países em que seja possível utilizar o dólar. Sendo assim, esse valor do dolar hoje é utilizado para os viajantes que já no Brasil compram o dólar com essa cotação, um pouco mais alta do que a do dólar comercial.

Cotação Dólar Paralelo

Por fim, o dólar paralelo é aquele que está no meio termo, sendo um dólar “não oficial”. Os negócios realizados por meio dessa cotação do dólar ocorrem de forma clandestina, sem serem conhecidos pelo Banco Central. Por conta disso, há de se destacar que as transações realizadas com essa cotação podem trazer problemas para o indivíduo ou organização responsável pela ação.

Recomendamos para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *